Apresentações abertas – Edital FAC Mais Cultura 2019

Destacado

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, por meio da equipe da Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural, irá realizar entre os dias 11 e 18 de setembro apresentações destinadas aos agentes culturais interessados em inscrever projetos no âmbito do edital n° 5/2019 – FAC Mais Cultura.

Serão abordados na apresentação temas como:

  • O que é o FAC e como acessar os recursos disponibilizados
  • Nova legislação (Lei Orgânica da Cultura e Decreto 38.933/2018)
  • Segmentos Culturais e Linhas de apoio contempladas no âmbito do edital FAC Mais Cultura 2019
  • Documentos que devem compor o projeto
  • Requisitos
  • Impedimentos
  • Etapas que compõem a seleção
  • Procedimentos para inscrição de projeto cultural
  • Utilização do sistema de inscrição “Editais.Cultura”

Segue abaixo locais e datas das apresentações:

Local Data Horário
Complexo Cultural de Planaltina – Av. Uberdan Cardoso, Setor Administrativo, Via WL 02, Lote 02 11/09/2019 (quarta-feira) 19h
Museu Vivo da Memória Candanga – Via EPIA Sul, SPMS, Lote D – Núcleo Bandeirante 12/09/2019 (quinta-feira) 14h30
Administração Regional do Pôr do Sol/Sol Nascente – Trecho II VC 311 – Próximo a Escola Rural 14/09/2019 (sábado) 9h30
Complexo Cultural Samambaia – Centro Urbano – Samambaia Sul 16/09/2019 (segunda-feira) 19h
Museu Nacional da República  (Auditório II) – Lote 02, SCTS próximo à Rodoviária do Plano Piloto 18/09/2019 (quarta-feira) 19h

Secretaria de Cultura e Economia Criativa lança edital FAC Mais Cultura

Destacado

Com objetivo de promover ações artístico e culturais fora da região central do DF, projetos receberão pontuação extra de acordo com os locais de execução e região administrativa de residência do proponente.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SECEC) publicou, nesta segunda-feira (02), o edital Mais Cultura do Fundo de Apoio à Cultura do DF. O objetivo é consolidar o edital como uma nova linha permanente que valoriza as produções de agentes culturais das Regiões Administrativas com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e também contribui para descentralização e democratização dos recursos disponibilizados pelo Fundo. A previsão é que sejam investidos R$5,5 milhões em até 103 projetos distribuídos entre 48 linhas de apoio. Os projetos contemplados na seleção serão realizados em até dois anos.

Continuar lendo