Inscrições Abertas – Edital FAC Brasília Multicultural

Os agentes culturais interessados em concorrer no edital FAC Brasília Multicultural já podem realizar a inscrição dos seus projetos.

O objetivo do edital é promover a descentralização da execução dos projetos e a democratização no acesso aos recursos disponibilizados pelo Fundo de Apoio à Cultura do DF – FAC. O edital prevê ainda mecanismos de inclusão para Pessoas com Deficiência (PCDs), além da destinação de vagas a agentes culturais que não tenham celebrado contrato com o FAC.

Os projetos inscritos no edital poderão  concorrer às vagas distribuídas nas 5 (cinco) categorias contempladas no edital, a saber:

1 –  CULTURA EM TODO CANTO

Os projetos inscritos nesta categoria, poderão propor quaisquer formatos, atividades ou ações, contemplando as diversas etapas da cadeia produtiva, desde que envolvam uma ou mais áreas culturais mencionadas no item 1.3 do edital.

Buscando descentralizar a execução de recursos e ampliar, diversificar e democratizar a oferta cultural no Distrito Federal, promovendo o intercâmbio e a difusão cultural nas regiões do Distrito Federal, os projetos culturais selecionados e apoiados deverão ser realizados em uma das macrorregiões abaixo relacionadas:

  • Gama; Santa Maria e Park Way;
  • Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Cruzeiro, Vila Telebrasília e Vila Planalto;
  • Taguatinga; Águas Claras; Vicente Pires; Guará e Arniqueira;
  • Recanto das Emas; Riacho Fundo I e Riacho Fundo II;
  • Planaltina; Fercal; Sobradinho I e Sobradinho II;
  • Itapoã; Varjão; Paranoá; São Sebastião e Jardim Botânico;
  • Estrutural; Brazlândia; S.I.A;
  • Samambaia; Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol;

Com o objetivo de garantir a descentralização dos recursos disponibilizados pelo Fundo de Apoio à Cultura, em relação ao agente cultural proponente do projeto, será exigido que ele resida obrigatoriamente na mesma macrorregião para qual apresente o projeto.

O valor total desta categoria no Edital  é de até R$ 11.560.000,00 (onze milhões, quinhentos e sessenta mil reais).

2 – CULTURA EM TODOS OS ESPAÇOS

Os projetos inscritos nesta categoria, poderão propor quaisquer formatos, atividades ou ações, contemplando as diversas etapas da cadeia produtiva, desde que envolvam uma ou mais áreas culturais mencionadas no item 1.3, exceto quando se tratar de linha de apoio referente à projeto educativo.

Os projetos inscritos nesta categoria, devem visar a ocupação de um dos espaços, equipamentos públicos ou demais espaços que podem receber cultura listados no anexo V do Edital. A ocupação deve ser realizada observando as diretrizes do Programa Lugar de Cultura, instituído pelo Decreto nº 38.445, de 29 de agosto de 2017.

O valor total desta categoria é de R$ 5.940.000,00 (cinco milhões, novecentos e quarenta mil reais), que está dividido entre três tipos de espaços e equipamentos culturais:

Os espaços se dividem entre:

• Equipamentos da SECEC, que são equipamentos sob a administração da SECEC: (i) Museu Nacional; (ii) Museu Vivo Memória Candanga; (iii) Museu do Catetinho; (iv) Espaço Cultural R. Russo – 508 Sul; (v) Centro de Dança; (vi) Complexo Cultural de Planaltina; (vii) Centro Cultural 3 Poderes; (viii) Complexo Cultural de Samambaia; (ix) Casa do Cantador; (x) Bibliotecas; (xi) Espaço Oscar Niemeyer; (xii) Memorial Povos Indígenas; (xiii) Museu de Arte de Brasília; (xiv) Cine Brasília; (xv) Concha Acústica.

• Outros equipamentos públicos de Cultura, que são equipamentos públicos, mas sob outras administrações: (i) Centro Cultural Ceilândia; (ii) Teatro da Praça; (iii) Praça dos Direitos do Itapoã; (iv) Prainha dos Orixás; (v) Teatro Galpãozinho.

• Espaços que podem receber cultura, que são territórios públicos, mais generalistas que podem receber cultura em qualquer área: (i) Setor Comercial Sul / Setor de Diversões Sul (Exceto W3); (ii) W3 Sul (Exceto região do SCS): (iii) Parques públicos; (iv) Orla do Lago Paranoá (exceto Prainha dos Orixás e Concha Acústica); (v) Praças Públicas (Praça da Vila Planalto e Praça do Paranoá); (vi) Outros espaços (embaixadas, praças, equipamentos); (vii) Abrigos socioeducativos.

3 – CULTURA DE TODO TIPO

Os projetos inscritos nesta categoria, poderão propor ações das diversas etapas da cadeia produtiva apoiando projetos artísticos culturais voltados a: I – criação e produção cultural, II – registro e memória, III – difusão, circulação e acessibilidade, IV – indicadores, informações, pesquisa, formação e qualificação.

O valor total desta categoria no Edital  é de R$ 22.530.000,00 (vinte e dois milhões quinhentos e trinta mil reais).

As distribuições das vagas por área e linhas de apoio, os valores máximos por projeto definidos para cada uma das linhas de apoio  e a quantidade de vagas reservadas estão detalhadas no anexo I do Edital.

4 – CULTURA DE TODO JEITO

Os projetos inscritos nesta categoria, poderão propor ações de publicação, pesquisa cultural, manutenção de grupos artísticos, manutenção de espaços culturais, primeira infância e ações de capacitação, e ações de capacitação específicas para profissionais da área técnica (bastidores)

O valor total desta categoria no Edital  é de R$ 8.640.000,00 (oito milhões, seiscentos e quarenta mil reais).

As distribuições das vagas por categoria e linhas de apoio, os valores máximos por projeto definidos para cada uma das linhas de apoio  e a quantidade de vagas reservadas estão detalhadas no anexo III do Edital.

5 – MEU PRIMEIRO FAC

Os projetos inscritos nesta categoria, poderão contemplar uma ou mais etapas da cadeia produtiva, estando livres para propor quaisquer formatos, atividades ou ações, podendo inclusive envolver várias áreas culturais.

A categoria Meu Primeiro FAC – Projeto Livre  é destinada aos agentes culturais que não tenham celebrado contrato com o FAC. Podem concorrer a estas vagas agentes culturais que tiveram projetos apoiados no Programa Conexão Cultura DF, ou em eventuais editais de premiação.

As propostas da categoria FAC em Rede deve ser de pessoas jurídicas, e visar a execução conjunta de iniciativas agregadoras dentro de um macro projeto, constituído por três ou mais entidades. O Proponente, além de coordenar, deve atuar na transmissão de saberes culturais, de gestão e empreendimento sócio-cultural no âmbito da rede.

O valor total desta categoria no Edital  é de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais).

As distribuições das vagas por área e os valores máximos por projeto, bem como a quantidade de vagas reservadas, estão detalhadas no anexo II do Edital.

Reserva de vagas
Há dois tipos reserva de vagas:

I) para portadores de deficiência física – sendo considerada pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas, nos termos da Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015; e

II) aos agentes culturais que não tenham celebrado contrato com o FAC, podendo concorrer a estas vagas agentes culturais que tiveram projetos apoiados no Programa Conexão Cultura DF, ou em eventuais editais de premiação.

Serviço
FAC Multicultural
Inscrições: de 14 de maio a 18 de junho de 2021, até as 18h.
https://editais.cultura.df.gov.br/#/login

Valor total disponibilizado por meio do edital: R$ R$ 53.670.000,00 (cinquenta e três milhões seiscentos e setenta mil reais).

Veja aqui algumas orientações para a inscrição

Veja abaixo o edital FAC Multicultural e a descrição da Categorias:

Edital FAC Multicultural

Anexo I – Descrição da Categoria – Cultura de Todo Tipo;

Anexo II – Descrição da Categoria – Meu Primeiro FAC;

Anexo III – Descrição da Categoria – Cultura de Todo Jeito;

Anexo IV – Descrição da Categoria – Cultura em Todo Canto;

Anexo V – Descrição da Categoria – Cultura em Todos os Espaços;

Anexo XVII – Descrição técnica dos equipamentos.

 

Acesse abaixo Formulário de Inscrição, Planilha Orçamentária, Plano de Curso/Oficina, Plano de Pesquisa e Modelo de Declarações (não celebração de contrato com o FAC):

Versões para Microsoft Word e Microsoft Excel 2007 ou superior:

Anexo VI – Formulário de Inscrição – Cultura de Todo Tipo;

Anexo VII – Formulário de Inscrição – Meu Primeiro FAC;

Anexo VIII – Formulário de Inscrição – Cultura de Todo Jeito;

Anexo IX – Formulário de Inscrição – Cultura em Todo Canto;

Anexo X – Formulário de Inscrição – Cultura em Todos os Espaços;

Anexo XI – Planilha Orçamentária;

Anexo XII – Plano de Pesquisa;

Anexo XIII – Plano de Curso Oficina;

Anexo XV – Modelo de Declaração (aos agentes culturais que não assinaram termo de ajuste com o FAC);

 

Versões compatíveis com a suíte de aplicativos LIVRE, LibreOffice.

Anexo VI – Formulário de Inscrição – Cultura de Todo Tipo;

Anexo VII – Formulário de Inscrição – Meu Primeiro FAC;

Anexo VIII – Formulário de Inscrição – Cultura de Todo Jeito;

Anexo IX – Formulário de Inscrição – Cultura em Todo Canto;

Anexo X – Formulário de Inscrição – Cultura em Todos os Espaços;

Anexo XI – Planilha Orçamentária;

Anexo XII – Plano de Pesquisa;

Anexo XIII – Plano de Curso Oficina;

Anexo XV – Modelo de Declaração (aos agentes culturais que não assinaram termo de ajuste com o FAC);

Atenção: O sistema não reconhece arquivos compactados como ZIP, RAR, 7Z, etc.    Tipos de arquivos permitidos: .pdf, .doc, .docx, .xls, .xlsx, .odt, .ods, .ppt, .pptx, .mp3, .mp4, .jpeg, .png.                                                                                                    Tamanho máximo: Cada  arquivo deve possuir no máximo 19MB e o conjunto de arquivos que compõem o projeto não podem ultrapassar 90MB.