Confira resultado preliminar do FAC Regionalizado

Cultura injeta R$ 7,9 milhões para 110 projetos artísticos fora do Plano Piloto

A Secretaria de Cultura divulga o resultado preliminar de avaliação do mérito cultural dos projetos inscritos no edital nº 4 do Fundo de Apoio à Cultura de 2017, na modalidade FAC Regionalizado. Foram aprovados 110 projetos de um total de 377 inscritos. Juntas, as iniciativas vão receber um aporte de R$ 7.976.576,00, um aumento de 25% em relação à edição anterior. As fichas de avaliação estarão disponíveis aqui, ao final do dia.

Confira aqui o resultado preliminar de mérito cultural do FAC Regionalizado 2017

Consulte a ficha de avaliação técnica e de mérito cultural do seu projeto

Atenção – > O link para consulta da ficha de avaliação técnica e de mérito cultural dos projetos será disponibilizado aqui até o fim do dia.

O objetivo do edital Regionalizado é fortalecer a cena artística do Distrito Federal, descentralizando a aplicação dos recursos públicos destinados à cultura e expandindo o acesso dos artistas aos mecanismos de fomento. Este ano, o FAC Regionalizado vai contemplar 23 projetos a mais que em 2016.

“Tivemos um número expressivo de inscritos, muitos deles produtores culturais que jamais haviam recebido financiamento público. Esse resultado é bastante significativo e demonstra o sucesso dessa política pública de democratização da cultura”, avalia Thiago Rocha Leandro, subsecretário de Fomento e Incentivo.

O FAC Regionalizado foi uma das principais inovações do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal nos últimos dois anos. Pela primeira vez, a Secretaria de Cultura criou uma linha de financiamento específica para fomentar projetos artísticos e culturais realizados, exclusivamente, por artistas locais de outras regiões administrativas, além do Plano Piloto.

FAC Regionalizado

Projetos Aprovados por Macrorregião Administrativa

Gama, Santa Maria, Park Way (apenas projetos para a Vila Cauhy, Vargem Bonita, Coqueiros e Córrego da Onça): 12 projetos, R$ 799.905,00

Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Cruzeiro, Vila Telebrasília, Vila Planalto: 12 projetos, R$ 770.485,73

Taguatinga, Águas Claras, Vicente Pires, Guará: 17 projetos, R$ 1.105.837,17

Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II: 11 projetos, R$ 919.426,33

Planaltina, Fercal, Sobradinho I, Sobradinho II: 20 projetos, R$ 1.384.934,06

Itapoã, Varjão, Paranoá, São Sebastião, Jardim Botânico: 14 projetos, R$ 957.335,00

Estrutural, Brazlândia, SIA: 5 projetos, R$ 479.102,00

Samambaia, Ceilândia: 19 projetos, R$ 1.559.550,71

TOTAL: 110 projetos, R$ 7.976.576,00

Atenção: Com o objetivo de não prejudicar nenhum proponente, a Secretaria de Cultural optou por publicar o resultado no DODF apenas em janeiro, após o período de festas de fim de ano. Assim o prazo de cinco dias para apresentação de recurso tem início no primeiro dia útil posterior a publicação do resultado no Diário Oficial do Distrito Federal.