Definida ordem de realização da DEFESA ORAL – Edital FAC Audiovisual 2017

As datas e horários de realização da defesa oral dos projetos foram definidas hoje através de sorteio realizado na Sede da Secretaria de Estado de Cultura com a presença do Conselho de Cultura e representantes da sociedade civil.

Todas as Defesas Orais dos projetos inscritos nas linhas de apoio de Produção de Longa-metragem, Obra Seriada para TV e Complementação de Obra Audiovisual acontecerão no Hotel  “The Sun”, localizado no endereço: ST SHTN, Trecho 2, Lote 4 | Asa Norte | Brasília | Distrito Federal  ( próximo  à Vila Planalto, na rua do BayPark  e Net Live) no período entre 1 e 3 de dezembro.

Veja aqui o dia e horário em que estão agendadas as defesas de cada um dos projetos.

Nas salas onde acontecerão as defesas orais, para realização das apresentações, serão disponibilizados os seguintes equipamentos: TV 55″ e notebook com sistema operacional Windows 7, contendo pacote Office 2016 e reprodutores de mídia Windows Media Player, Media Player Classic e VLC . Cada proponente deverá trazer o material digital que será utilizado na apresentação em dispositivo de armazenamento externo e removível de dados (Pen Drive ou HD Externo) sendo de inteira responsabilidade do proponente a garantia do pleno funcionamento dos mesmos.

Toda material ilustrativo, promocional e/ou interativo eventualmente utilizado durante a apresentação deverá ser recolhido pelo proponente ao final da mesma.

Os proponentes dos projetos devem enviar para o e-mail selecao.sufic@cultura.df.gov.br, utilizado o formulário aqui disponibilizado, o nome e nº do CPF dos indicados para realizar a defesa do projeto.

As pessoas indicadas para realização da defesa oral devem está presentes no local da apresentação 45 minutos antes do horário determinado, portando documento de identificação oficial com foto. O acesso às salas no momento da realização da defesa do projeto estará restrito ao proponente e aos seus indicados, além da Comissão de Seleção, a Coordenação do Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura e servidores, que estarão no apoio das atividades de seleção.

Serão considerados documentos de identificação: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira de identidade do(a) trabalhador(a); carteira nacional de habilitação (somente o modelo com foto).

A defesa oral dos projetos será realizada perante a mesma comissão responsável pela análise técnica e de mérito cultural do projeto, conforme previsto no item 10.7 do edital de seleção.

A defesa oral será composta por três etapas:

I  – Até 10 minutos para apresentação de seu projeto.

II – Até 5 minutos para perguntas da comissão de julgamento aos representantes do projeto, caso a referida comissão julgue necessário.

II – Até 10 minutos para respostas dos representantes do projeto.

Comentários encerrados.