Dados da Concorrência do Edital 1/2015 do FAC-DF

Atendendo a pedidos, a Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural publica os dados sobre a concorrência no Edital 1/2015 do FAC-DF. O edital contemplou 11 áreas artísticas, em 97 linhas de apoio. Dentre as novidades, estiveram as áreas de Artesanato e Design e Moda, e novas linhas incentivando pesquisas culturais, ações de formação e capacitação, além da previsão, para a maioria das linhas, da categoria “projeto livre”, pensada para abarcar propostas que mesclassem mais de uma linha ou extrapolassem as possibilidades pensadas como linhas no edital.

Dentre as linhas mais concorridas, estão as “Exposições, Instalações ou Salões” de Artes Plásticas, Visuais e Fotografia, os projetos de “Circulação” e “Eventos” de Música, e as “Montagens” de Teatro. As áreas de Patrimônio Histórico e Artístico Material e Imaterial, Artesanato e Design e Moda, por outro lado, foram as que tiveram menos procura, e apresentaram linhas sem nenhum inscrito.

Remanejamento de Recursos

Este ano, outra inovação vai facilitar a utilização máxima do recurso destinado ao edital. Ao reunir diversas áreas e linhas que nos anos anteriores eram contempladas em editais diferentes, será possível remanejar os recursos visando seu aproveitamento integral. O remanejamento de recursos excedentes em uma linha é feito inicialmente dentro da mesma área cultural, e caso não seja possível aproveitá-lo na sua totalidade com as propostas das demais linhas da mesma área, ele passa a ficar disponível para outras áreas do edital.

Na publicação do resultado final, a listagem terá até 3 blocos: contemplados, contemplados após remanejamento de recursos na área e contemplados após remanejamento de recursos no edital. O edital encontra-se atualmente na fase de recurso da etapa da admissibilidade. O resultado final deve sair na primeira quinzena de dezembro.

Acesse aqui o documento com os dados completos sobre a concorrência: Concorrência Edital 1/2015 – Projetos por Linha de Apoio.

Atenção para o prazo do Programa de Passagens e Bolsas

Publicamos no dia 9 de outubro informação sobre o prazo limite para concorrer no Programa de Passagens e Diárias do FAC-DF em 2015. Porém, no dia 30 de outubro, não haverá expediente na Secretaria de Cultura em função do Dia do Servidor Público, que é celebrado no dia 28. Assim, o prazo limite passa a ser o próximo dia útil, dia 3 de novembro.

Confira aqui a nota com mais informações sobre o tema.

Rodada de Negócios LIC apresenta metodologia inovadora

1ª Rodada de Negócios LIC

Na tarde da sexta (25), dezenove produtores culturais e artistas das mais diversas áreas de atuação tiveram uma oportunidade inédita de participar da 1ª Rodada de Negócios da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). Na ocasião, dentro do auditório do Memorial JK, representantes de sete empresas de grande porte ouviram as apresentações dos projetos culturais para fechar um futuro patrocínio. “Essa é uma metodologia inovadora. Pela primeira vez no Brasil há uma rodada em que proponentes podem apresentar os projetos diretamente para o empresariado”, destaca a secretária-adjunta da Secretaria de Cultura do DF, Nanan Catalão, que abriu o evento.

Para o subsecretário de Fomento e Incentivo Cultura, Thiago Rocha, a Rodada de Negócios fortalece a LIC. “É uma lei muito nova, que ainda está se consolidando, mas que já cria uma cultura de patrocínio, rompendo com o estigma de que o DF não produz cultura”, reforça.

Vale ressaltar que os projetos apresentados na rodada foram pré-selecionados no Banco de Propostas (disponível para cadastro de proponentes e de empresas interessadas no site www.sufic.df.gov.br). Esse modelo de fazer uma triagem permite uma possibilidade de ampliação de acesso do produtor às empresas. Segundo o gerente de Patrocínio do BRB, João Eduardo Silveira, essa ação da Secretaria de Cultura dá corpo, oportunidade e visibilidade aos projetos. “A rodada é uma forma muito interessante de a nossa instituição conhecer novas iniciativas na área cultural que é tão importante para a cidade”, reconhece.

O produtor cultural Alceu Avelar, do projeto Batucadeiros, elogia a Rodada de Negócios como curta e objetiva. “Para esse primeiro momento a ação foi muito assertiva”, diz Avelar, cujo projeto tem cunho socioeducativo, voltado para atender famílias com oficinas de arte em conexões nas áreas de música, educação e convívio familiar. Ari de Barros, que há trinta anos produz o festival Ferrock disse que foi uma experiência positiva. “É uma iniciativa nova, que ainda estamos nos acostumando, mas que me surpreendeu muito”, aponta.

Além do BRB, participaram da rodada a Petrobras, a Bancorbras e mais quatro empresas que já são incentivadoras: O Boticário, O Imóvel, OI SA e Caixa Econômica Federal. A cerimônia contou com a presença da secretária-adjunta, Nanan Catalão; o subsecretário Thiago Rocha; e o presidente da Câmara Legislativa do DF, Claudio Abrantes.

A LIC se consolida como um dos principais mecanismos de financiamento cultural. Só em 2014 e em 2015 foram investidos R$ 10 milhões, que permitiram a contratação de duas mil pessoas, envolvendo toda a cadeia produtiva e fortalecendo a economia criativa no Distrito Federal.

Nova atualização da lista dos CEACs

Ilustração certificado.

Foi publicada hoje (28/09/15) mais uma atualização da lista de CEACs analisados.

Diligências publicadas pela primeira vez hoje (28/09) tem até SEXTA-FEIRA (02/10) para protocolar os documentos faltantes. Documentos de diligências devem ser entregues no Setor de Protocolo (balcão à direita de quem sobe a escada).

Pedimos por favor que os interessados resolvam suas diligências o mais rápido possível. Até o final da semana (03/10) será publicado o resultado de todas as diligências entregues.

Confira a lista aqui.

Parecer das solicitações analisadas

Nomes de A – J

Nomes de K – Z